Como a justiça se neoliberaliza, de Antoine Garapon

Acaba de ser publicado o novo livro de Antoine Garapon, com o título “A razão do Estado mínimo – o neoliberalismo e a justiça” (Ed. Odile Jacob). Garapon denuncia a deriva empresarial de um sistema judiciário cada vez mais submisso a imperativos contábeis. De acordo com a perspectiva de “gestão”, o direito não é mais do que um instrumento para uma instituição que perde de vista o interesse coletivo. Leia aqui a resenha de Jean-Marie Durand sobre o livro de Garapon, publicada em Los Inrockuptibles de 3-9/11/2010.

Anúncios

Um pensamento sobre “Como a justiça se neoliberaliza, de Antoine Garapon

  1. Este livro deve ser leitura obrigatória para todos aqueles que realmente desejam fazer de sua reflexão no direito uma experiência intelectual de independência aos ditames teóricos da moda.

Comentar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s