Universidade, mecenato e mercado – Ricardo Antunes e Marcus Orione

Como seria termos um curso de ciências sociais mantido por uma grande montadora? Ou, ainda, discutirmos as complexas relações do direito do trabalho, sob o mesmo patrocínio? O ensino universitário tem papel vital para o desenvolvimento de qualquer país. É óbvio que, para a geração desse conhecimento, há necessidade de recursos. No entanto, ao se recorrer ao dinheiro privado, há evidente possibilidade de comprometimento dessa missão. Na pesquisa, subvenções particulares não raro levam à distorção dos fins públicos. O dinheiro investido, em geral, é destinado a áreas de interesse do próprio setor privado, relegando a um segundo plano projetos de natureza pública.

Leia aqui todo o artigo de Ricardo Antunes e Marcus Orione, publicado pela Folha de S. Paulo em 2/7/10, com ilustração de Orlando Pedroso.

Anúncios

Um pensamento sobre “Universidade, mecenato e mercado – Ricardo Antunes e Marcus Orione

  1. A liberdade do professor de produzir conhecimento sem pressões políticas e mercadológicas é essencial para assegurarmos a democracia e os princípios republicanos na vida de nosso país. O texto é oportuno e ressalta a relevância do professor na sociedade.

Comentar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s