Para que serve a cooperação internacional? Brasil e África

Marco Aurélio Torronteguy (USP) publica na RECIIS um artigo sobre a cooperação sanitária entre o Brasil e os países africanos de língua portuguesa. Pioneiro no estudo da função atual da cooperação internacional na área da saúde, Torronteguy revela as contradições entre o discurso pela promoção do desenvolvimento sócio-econômico e a realidade dos interesses das grandes potências econômicas. Mostra que o sistema internacional de cooperação internacional para o desenvolvimento é discricionário, pois os Estados protagonistas investem onde e como querem; é plural, pois há muitos atores da cooperação, que atuam de maneiras distintas; é altamente especializado, havendo atores cooperantes que são dedicados a temas específicos; e descentralizado, em função da inexistência de um poder central que regule a cooperação no plano internacional. A cooperação Sul-Sul, no caso entre o Brasil e a África, poderia ser o embrião de um novo modelo. Leia aqui o artigo de Torronteguy: O papel da cooperação internacional (DV).

Anúncios

Comentar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s