Nem burca, nem proibição

A proibição do uso da burca na Bélgica, e a iminência de sua interdição também na França, causam uma polêmica que excede a polarização do contexto político europeu (“ocidentalizada”, a priori): ou os valores republicanos, que devem ser defendidos sob a forma da lei, ou o seu oposto, a defesa incondicional da burca. Essa dicotomia não me convence. Afinal, sou contra a lei, mas, obviamente, sou contra o uso da burca. Vejo pontos de tensão, não de oposição. Por exemplo, a burca é um símbolo de submissão que desconcerta todas as mulheres que lutam diariamente pela igualdade de direitos, de sexos, de desejos e de vontades. Esse mal-estar soma-se ao “discurso simulacro” do medo do “bárbaro” e da repulsa à qualquer diferença cultural, mas nada tem a ver com ele. Nesse caso, a burka acaba sendo o paradigma dessa tensão, e demonstra que não existe uma resposta correta e única. Porém, a resposta errada existe, e é, sem dúvida esse projeto de lei de interdição total, que, na prática, só trará mais conflitos e preconceitos. Ora, sabemos bem que a dignidade da mulher, ponto nevrálgico dessa polêmica, continuará sendo violada. As mulheres seguirão usando a burca, e, ainda pior, trancadas em casa (não terão nem mesmo o direito de ir e vir)! Assim, a tensão real e construtiva da polêmica desaparece, e a oposição simplista entre o bem e o mal predomina, velando a realidade por meio da lei, formal e abstrata.

Mais um tema para discutir em aulas e oficinas; para ajudar na problematização, confira nossa série de charges sobre a burca.

Postado por Luciana de Paula (IHEAL-Paris)

Anúncios

Comentar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s